Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias Alagoas vai ganhar Hospital Metropolitano em 2018
27/03/2017 - 17h46m

Alagoas vai ganhar Hospital Metropolitano em 2018

Procurador-geral participa da assinatura de ordem de serviço da construção que vai gerar 180 novos leitos

Alagoas vai ganhar Hospital Metropolitano em 2018

Solenidade ficou lotada de autoridades

O procurador-geral do Estado, Francisco Malaquias, acompanhou ao lado do governador Renan Filho e do secretário de Estado da Saúde, Christian Teixeira, a assinatura, nesta segunda-feira (27), da ordem de serviço autorizando o início das obras do Hospital Metropolitano de Alagoas. A unidade, que será construída na Avenida Menino Marcelo, no Tabuleiro, contará com 180 leitos e atenderá às famílias que residem na parte alta da capital e a população das regiões Norte e da Zona da Mata.

 

A solenidade contou com a presença do senador Renan Calheiros, de deputados da bancada alagoana em Brasília, deputados estaduais, prefeitos e vereadores. O novo hospital irá oferecerá serviços diferenciados para mulheres e crianças, com atendimentos clínicos de ginecologia e pediatria, além de leitos de UTI adulto e pediátrico, UCI neonatal e de obstetrícia, além de um Centro de Parto Normal.

 

“O Hospital Metropolitano é um compromisso assumido com a população de Alagoas e que, como todos os outros que assumimos, estamos cumprindo. É a realização de um sonho antigo de todo o nosso povo. Esta obra resgata a autoestima e demonstra que quando se quer fazer, vai lá e faz. Mesmo na crise, com toda a dificuldade que o Brasil está vivendo, aqui em Alagoas estamos firmes, de cabeça erguida”, disse o governador, ao agradecer o apoio do senador Renan Calheiros e da bancada federal alagoana, que apresentaram a emenda para viabilizar os recursos para a construção do hospital.

 

A estrutura do hospital terá capacidade para realizar mais de 10 mil consultas por mês, mais de 17 mil exames de imagem e de laboratório, além de garantir o internamento de mais de 1.200 pessoas. Tudo isso para aumentar a capacidade de leitos do Sistema Único de Saúde no Estado (SUS). “A obra foi orçada em R$ 91 milhões, mas conseguimos reduzir os custos e tocar o empreendimento com R$ 64 milhões de recursos próprios”, completou Renan Filho, ao assegurar que o dinheiro economizado será investido na aquisição de boa parte dos equipamentos do hospital.

 

Obras e Recursos

Com a ordem de serviço assinada, as obras devem durar 18 meses e toda a construção será feita em três turnos, em um terreno de 57.058,87 m². A nova unidade terá uma área construída de 13.904,19 m². Como a obra terá expediente triplo, o cidadão poderá acompanhar seu andamento pela internet. Ela terá câmeras acompanhando no canteiro de obras.

Ações do documento

banner_lai+sic_LATERAL-A-PLONE3.jpg
banner_lai+sic_LATERAL-B-PLONE3.jpg

banner_GERAL_LATERAL_sic-plone3.jpg

banner-transparencia.jpg

integra

diario-oficial.jpg

Fale Conosco

faleconosco.gif

portal-do-servidor.png